segunda-feira, 23 de junho de 2008

A POPULAÇÃO COBRA DO PREFEITO PROMESSAS NÃO CUMPRIDAS- PARTE 13.

SERVIDORES DE CAXIASFICARÃO SEM AUMENTO

Embora seja a segunda prefeitura do Estado em Arrecadação, com previsão de receita de mais de R$ 1,145 bilhão este ano, os servidores de Duque de Caxias ficarão chupando os dedos. Com data base em 1º de maio, a última esperança era que o prefeito Washington Reis enviasse ontem, dia 31, a mensagem corrigindo as tabelas de vencimentos para ativos, pensionistas e aposentados, inclusive a incorporação de abonos para o pessoal do Magistério (25%) e demais servidores (50%), a tempo de serem publicadas no Boletim Oficial até sexta-feira (04/04), em risco de serem impugnados pela Justiça Eleitoral. Ocorre que o município fechou o Exercício de 2007, quando arrecadou mais de R$ 1 bilhão, com uma dívida confessada de R$ 68 milhões.Nesta terça-feira, o vereador Ito, que está sendo processado pelo prefeito por causa de uma noticia publicada no jornal “DC News”, deve ocupar a Tribuna, se houver quorum, para denunciar que o prefeito já atingiu o limite fixado pelo artigo 20 da Lei de Responsabilidade Fiscal, pois a despesa com pessoal teria atingido a faixa limite de 54% do Orçamento. Dessa forma, não haveria recursos no Orçamento nem para a correção monetária, de cerca de 4,5% a partir de 1º de Maio. Para agravar a situação, o prefeito destinou cerca de R$ 140 milhões como contrapartida às obras do PAC, do novo Hospital e a duplicação da Av. Presidente Kennedy, seu carro-chefe na campanha de 2004 e que vem se arrastando desde o Governo Rosinha Garotinho. No sábado, lodo depois da inauguração da tenda de hidratação, cinegrafistas e fotógrafos foram para o Hospital Infantil, bem ao lado, verificar como estava o atendimento às vítimas da Dengue. Encontraram o caos total.Aliás, Washington Reis já foi avisado por quem de direito que as obras de duplicação da antiga Estrada Rio-Petrópolis, inaugurada pelo presidente Washington Luis em agosto de 1928 e construída em menos de dois anos, vem enfrentando problemas com as desapropriações de imóveis construídos ao longo da estrada, como é o caso de um prédio de apartamentos ao lado do viaduto do Centenário. A maioria dos apartamentos pertence ao Banco Itaú, que não irá facilitar a vida do prefeito em caso de desapropriação do imóvel.

blog do albertomarques

2 comentários:

Reiton disse...

Melqui é safado, ele e vagner montes ficam extorquindo dinheiro de politicos!!!!

Anônimo disse...

O prefeito sabe das condições do IPMDC?, acho que ele deveria se informar aquilo tá virando uma bagunça, estão demitindo dizendo que o prefeito que mandou, o pior que é gente que acompanha o Zito desde o outro governo. Melhor ele ficar de olho porque o povo já comenta....